domingo, 2 de março de 2014

AS 9 ESTRADAS MAIS DESLUMBRANTES DO MUNDO






Uma das melhores coisas de viajar é aproveitar o caminho, e quando o trajeto é feito de carro, há paisagens incríveis para serem vistas em várias partes do mundo
01 - Furka Pass, Suíça
Pois é, a gente começou com dois chutes do peito. Esse lugar é simplesmente uma massagem para os olhos e, se um dia na sua vida você puder viajar por essas estradas, faça isso, por favor. 
O local foi cenário de “007 Contra Goldfilger” e é também a mais alta montanha dos Alpes Suíços, conectando Gletsch a Realp. A altura disso tudo? Nada mais nada menos que 2.429 metros.
02 – The Atlantic Road, Noruega
A estrada inaugurada há 24 anos é uma das grandes atrações do país, por motivos óbvios. Ao todo, 8,3 km de autopista ligam os centros populacionais de Romsdal e Fjord. A estrada fica entre pequenas ilhas e recifes, tudo conectado com pontes altas e muito bonitas. E aí, deu vontade de conhecer?
03 - Estrada de Tianmen, China
Se você não tem problemas de labirintite, poderá aproveitar um passeio nesses lugares encantadores do Parque Nacional de Tianmen, na província chinesa de Hunan. A estrada tem 7.455 metros de comprimento e 1.279 de altura. O percurso é feito com a ajuda de cabos de aço, só para você ter ideia do nível da brincadeirinha.
04 - Estrada Going to the Sun, EUA
É preciso que você seja um motorista excelente para fazer as curvas dessa estrada que fica no Parque Nacional da Geleira, no estado de Montana. Os mais de 80 km de autopista foram terminados em 1932. Percorrendo o caminho você vai se deparar com vários tipos encantadores de paisagens, desde lagos congelados até vales baixos e florestas de cedros – um verdadeiro presente aos olhos!
05 - Transfăgărășan, Romênia
NO que é mais fácil? Pronunciar esse nome complicado ou dirigir por esses corredores cheios de curvas e elevações? O fato é que, se um dia você estiver de bobeira na Romênia, sem saber o que fazer, tente visitar essa estrada, construída para servir de rota a tropas militares, conectando Transilvânia e Valáquia. Ao todo, são 2.034 metros de altitude e 90 km de comprimento. Você encararia esse passeio?
06 - Highway 1, Islândia
Se o seu negócio é pegar estrada com um pouco mais de frio, talvez esteja na hora de entrar no primeiro avião com destino à Islândia. Lá, siga até a famosa Highway 1 – todo mundo conhece, principalmente porque a estrada é conhecida por seu formato de looping.
A estrada circula todo país e, em alguns casos, você vai se deparar com uma pista única. Em um dos trechos do caminho você simplesmente vai passar pelo deserto do Ártico e também pelo litoral atlântico. O ponto é bastante turístico e, por isso, um dos conselhos a quem nunca viajou naquela geleira toda é: cuidado com as estradas sem asfalto e com as pontes antigas. De resto, boa viagem e boa sorte.
07 - Stelvio Pass, Itália
A estrada italiana é um caminho procurado por quem gosta de aventuras e domina o volante, afinal não deve ser assim tão simples enfrentar 48 curvas fechadas em uma montanha cheia de ovelhas, não é mesmo?
08 - Grossglockner High Alpine Road, Áustria
Você não está enxergando errado, não! Parece mesmo que a imagem é em 3D. O fato é que as curvas são tão acentuadas – aliás, estamos falando de 36 curvas – que o passeio é recomendado somente para quem é muito bom ao volante. Bônus paisagístico: a montanha deGrossglocknerfica completamente coberta de neve durante o inverno – fica a seu critério a data da viagem.
09 - Yungas, Bolívia
Se você gosta de viajar para países mais próximos ao Brasil, que tal dar um pulinho na Bolívia e se arriscar nessa estrada lindamente perigosa? Afinal, um pouquinho de adrenalina não faz mal a ninguém. Para dirigir nesse lugar é preciso muita coragem – repare que não há sinalização, grades, barras de segurança nem nada que possa proteger o motorista de um possível acidente.
O apelido do lugar, não por acaso, é “Estrada da Morte” – considerada uma das mais perigosas do mundo. Estima-se que entre 200 e 300 pessoas morram por ali todos os anos. Você teria coragem de ver esse cenário de perto?

fonte: megacurioso.com.br


domingo, 23 de fevereiro de 2014

LUGARES INCRÍVEIS DEBAIXO D'ÁGUA





Desde submarinos ultraluxuosos até suítes que submergem no Oceano Índico, confira na galeria e mergulhe fundo nessas imagens incríveis.
Ithaa Undersea Restaurant (Ilhas Maldivas) – 
Cinco metros abaixo da superfície, esse restaurante tem vista de 180 graus para os jardins de corais que o rodeiam. Ithaa significa "mãe da pérola" na língua das Maldivas de Dihevi. O restaurante, que pertence ao hotel Hilton Resort and Spa, pode ser fechado para casamentos e outras ocasiões especiais.
Poseidon Submarino Resort (Ilhas Fiji) –
Acessível por um elevador e aninhado em águas cristalinas numa imensa lagoa, 70% de suas paredes serão de acrílico, o que permite aos hóspedes contemplar a vida marinha. Um dos destaques é o restaurante, que faz um giro de 360 graus a cada 40 minutos. O resort seis estrelas também tem biblioteca, capela, restaurante e SPA.

Poseidon Submarino Resort (Ilhas Fiji) 
Créditos: DivulgaçãoManta Resort (Tanzânia) – 
Os hóspedes podem dormir em um quarto de hotel que flutua no Oceano Índico ou na suíte, que desce a três metros de profundidade, as janelas de acrílico gigantes garantem um vista incrível do azul do mar.

Manta Resort (Tanzânia) 
Lovers Deep (Caribe) – 
Esse submarino, considerado o mais luxuoso do mundo, é perfeito para casais que procuram romance. A vista do fundo do mar é aliado ao luxo de ter uma equipe inteira à disposição para servir os viajantes, o que inclui um chef especializado em menus afrodisíacos. Um passeio custa cerca de 350 mil reais por pessoa.
Lovers Deep (Caribe)
Subsix (Ilhas Maldivas) – 
Primeiro bar subaquático do mundo, o Subsix foi construído em formato circular e tem janelas que vão do chão ao teto. A decoração é elegante e moderna, com poltronas viradas para as águas. O nome indica sua profundidade: ele está seis metros submerso no oceano. O bar, que também funciona como balada, faz parte do Niyama Resort.
Subsix (Ilhas Maldivas)
Guinness Deep-Sea Bar (Estocolmo) - 
Para comemorar o 250º aniversário da cerveja Guinness, a marca encomendou um projeto para o interior de um submarino que fica nas profundezas do mar Báltico, no arquipélago de Estocolmo. Os assentos e mesas são cobertos com discos de borracha, semelhantes a bolhas, para imitar o fundo do mar, e as paredes são equipadas com luzes de LED, para garantir o clima de festa.
Guinness Deep-Sea Bar (Estocolmo) 
Red Sea Star (Israel) – 
A 5 metros de profundidade no Mar Vemelho, o restaurante tem enormes janelas de acrílico, que permitem aos visitantes observar a fauna marítima. O interior também é inspirado na vida marinha, o que inclui luminárias em forma de medusas e anêmonas.
Al Mahara (Dubai) – 
O restaurante Al Mahara (que signifcia “ostra” em árabe) não está localizado especificamente no fundo do mar, mas é cercado de um aquário cilíndrico de 990 mil litros de água, repleto de peixes exóticos. Ele faz parte do hotel 7 estrelas Burj Al Arab. A especialidade? Frutos do mar, claro!
Al Mahara (Dubai)  


fonte - uol.com.br