Pular para o conteúdo principal

PETRA / CIDADE DE ROCHA




PETRA (DO GREGO ΠΈΤΡΑ, PETRA; ÁRABE: البتراء, AL-BITRĀ/AL-BATRĀ)
É UM IMPORTANTE ENCLAVE ARQUEOLÓGICO NA JORDÂNIA, SITUADO NA BACIA ENTRE AS MONTANHAS QUE FORMAM O FLANCO LESTE DE WADI ARABA, O GRANDE VALE QUE VAI DO MAR MORTO AO GOLFO DE AQABA, PERTO DO MONTE HOR E DO DESERTO DE ZIN.
A REGIÃO ONDE SE ENCONTRA PETRA FOI OCUPADA POR VOLTA DO ANO 1200 A.C. PELA TRIBO DOS EDOMITAS, RECEBENDO O NOME DE EDOM. COMO A CIDADE SE SITUAVA PERTO DO MONTE HOR, É MUITO POSSÍVEL QUE OS HORITAS, UM POVO MENCIONADO NA BÍBLIA (GÊNESIS 14:6, 36:20, DEUTERONÓMIO 2:12), HABITASSEM ESSA REGIÃO AINDA ANTES DA CHEGADA DOS EDOMITAS. A REGIÃO SOFREU NUMEROSAS INCURSÕES POR PARTE DAS TRIBOS ISRAELITAS, MAS PERMANECEU SOB DOMÍNIO EDOMITA ATÉ À ANEXAÇÃO PELO IMPÉRIO PERSA.
A CIDADE DE PETRA ERA DENOMINADA SELA EM EDOMITA, NOME QUE SÍGNIFICA "PEDRA", "PENHASCO" OU "ROCHA" IMPORTANTE ROTA COMERCIAL ENTRE A PENÍNSULA ARÁBICA E DAMASCO (SÍRIA) DURANTE O SÉCULO VI A.C., EDOM FOI COLONIZADA PELOS NABATEUS (UMA DAS TRIBOS ÁRABES), O QUE FORÇOU OS EDOMITAS A MUDAREM-SE PARA O SUL DA PALESTINA, QUE PASSOU A TER O NOME DE IDUMEIA, NOME DERIVADO DOS IDUMEUS OU EDOMITAS.
O ANO 312 A.C. É APONTADO COMO DATA DO ESTABELECIMENTO DOS NABATEUS NO ENCLAVE DE PETRA E DA NOMEAÇÃO DESTA COMO SUA CAPITAL. DURANTE O PERÍODO DE INFLUÊNCIA HELENÍSTICA DOS SELÊUCIDAS E DOS PTOLOMAICOS, PETRA E A REGIÃO ENVOLVENTE FLORESCERAM MATERIAL E CULTURALMENTE, GRAÇAS AO AUMENTO DAS TROCAS COMERCIAIS PELA FUNDAÇÃO DE NOVAS CIDADES: RABBATH 'AMMON (A MODERNA AMÃ) E GERASA (ATUALMENTE JERASH).
DEVIDO AOS CONFLITOS ENTRE SELÊUCIDAS E PTOLOMAICOS, OS NABATEUS GANHARAM O CONTROLE DAS ROTAS DE COMÉRCIO ENTRE A ARÁBIA E A SÍRIA. SOB DOMÍNIO NABATEU, PETRA CONVERTEU-SE NO EIXO DO COMÉRCIO DE ESPECIARIAS, SERVINDO DE PONTO DE ENCONTRO ENTRE AS CARAVANAS PROVENIENTES DE AQABA E AS DE CIDADES DE DAMASCO E PALMIRA.
O ESTILO ARQUITETÓNICO DOS NABATEUS, DE INFLUÊNCIA GRECO-ROMANA E ORIENTAL, REVELA A SUA NATUREZA ATIVA E COSMOPOLITA. ESTE POVO ACREDITAVA QUE PETRA SE ENCONTRAVA SOB A PROTEÇÃO DO DEUS DHÛ SHARÂ (DUSARES, EM GREGO).
A 6 DE DEZEMBRO DE 1985, PETRA FOI RECONHECIDA COMO PATRIMÔNIO DA HUMANIDADE PELA UNESCO.
O EDIFÍCIO DA CÂMARA DO TESOURO, EM PETRA, FOI UTILIZADO COMO CENÁRIO NO FILME INDIANA JONES E A ÚLTIMA CRUZADA. O INTERIOR MOSTRADO NO FILME NÃO CORRESPONDE, NO ENTANTO, AO INTERIOR DO DITO EDIFÍCIO, TENDO SIDO FABRICADO EM ESTÚDIO.
  • O FILME "TRANSFORMERS 2" TAMBÉM TEVE CENAS GRAVADAS NA CIDADE DE PETRA.
  • NO FILME "MORTAL KOMBAT: A ANIQUILIÇÃO", RAYDEN ENTRA PARA FALAR COM OS DEUSES ANTIGOS, ONDE FOI TAMBÉM GRAVADO NA CIDADE DE PETRA.
  • PETRA É FAMOSA PRINCIPALMENTE PELOS SEUS MONUMENTOS ESCAVADOS NA ROCHA, QUE APRESENTAM FACHADAS DE TIPO HELENÍSTICO (COMO O CÉLEBRE EL KHAZNEH).
  • PERITOS NO DOMÍNIO DA HIDRÁULICA, OS NABATEUS DOTARAM A CIDADE DE UM ENORME SISTEMA DE TÚNEIS E DE CÂMARAS DE ÁGUA. UM TEATRO, CONSTRUÍDO À IMAGEM DOS MODELOS GRECO-ROMANOS, DISPUNHA DE CAPACIDADE PARA 4000 ESPECTADORES.
  • TINTIM, HERÓI DA BANDA DESENHADA BELGA, VISITA PETRA NO ÁLBUM DE BANDA DESENHADA COKE EN STOCK ("CARVÃO NO PORÃO").
  • EM NOVEMBRO DE 2009, A CIDADE DE PETRA FOI PALCO PARA A NOVELA BRASILEIRA "VIVER A VIDA (TELENOVELA)" DE MANOEL CARLOS. ENTRE OS DESTAQUES NA CIDADE, FOI REALIZADO O PETRA FASHION DAYS, DESFILE DE MODA À CÉU ABERTO EM FRENTE AS RUINAS DA CÂMARA DO TESOURO (AL KHAZNEH). NA VERDADE O DESFILE NÃO FOI REALIZADO NO LOCAL. A REDE GLOBO ENVIOU JUNTO COM OS ATORES, UMA EQUIPE QUE FOTOGRAFOU TODO O CENÁRIO COM TÉCNICAS DE 3D. AS IMAGENS FORAM INSERIDAS POR COMPUTADOR, ATRÁS DO PALCO MONTADO EM ESTÚDIO PARA O DESFILE, QUE CONTOU COM AS PERSONAGENS HELENA (TAÍS ARAÚJO) E LUCIANA (ALINNE MORAES).
  •  
  • (fonte: Wikipédia)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TEMPLO DE POSEIDON / IMPERADOR DOS MARES

COLISEU DE ROMA

O COLISEU, TAMBÉM CONHECIDO COMO ANFITEATRO FLAVIANO, DEVE SEU NOME À EXPRESSÃO LATINA COLOSSEUM (OU COLISEUS, NO LATIM TARDIO), DEVIDO À ESTÁTUA COLOSSAL DE NERO, QUE FICAVA PERTO A EDIFICAÇÃO. LOCALIZADO NO CENTRO DE ROMA, É UMA EXCEPÇÃO DE ENTRE OS ANFITEATROS PELO SEU VOLUME E RELEVO ARQUITETÓNICO. ORIGINALMENTE CAPAZ DE ABRIGAR PERTO DE 50 000 PESSOAS, E COM 48 METROS DE ALTURA, ERA USADO PARA VARIADOS ESPETÁCULOS. FOI CONSTRUÍDO A LESTE DO FÓRUM ROMANO E DEMOROU ENTRE OITO A DEZ ANOS A SER CONSTRUÍDO. O COLISEU FOI UTILIZADO DURANTE APROXIMADAMENTE 500 ANOS, TENDO SIDO O ÚLTIMO REGISTRO EFETUADO NO SÉCULO VI DA NOSSA ERA, BASTANTE DEPOIS DA QUEDA DE ROMA EM 476. O EDIFÍCIO DEIXOU DE SER USADO PARA ENTRETENIMENTO NO COMEÇO DA IDADE MÉDIA, MAS FOI MAIS TARDE USADO COMO HABITAÇÃO, OFICINA, FORTE, PEDREIRA, SEDE DE ORDENS RELIGIOSAS E TEMPLO CRISTÃO.  EMBORA ESTEJA AGORA EM RUÍNAS DEVIDO A TERREMOTOS E PILHAGENS, O COLISEU SEMPRE FOI VISTO COMO SÍMBOLO DO IMPÉRIO ROMANO, SENDO UM DOS M…

PIRÂMIDES DO EGITO

PIRÂMIDES DO EGITO SÃO MONUMENTOS DE ALVENARIA CONSTRUÍDOS NO ANTIGO EGITO. COMO O NOME INDICA, SÃO FORMADAS POR UMA BASE QUADRADA DE QUATRO FACES TRIANGULARES QUE CONVERGEM PARA UM VÉRTICE. AS TRÊS MAIS FAMOSAS PIRAMIDES ESTÃO NO PLANALTO DE GIZÉ, NA MARGEM ESQUERDA DO RIO NILO, PRÓXIMO À CIDADE DO CAIRO.  POREM EXISTEM 138 PIRÂMIDES REDESCOBERTAS, EM TODO O EGITO, REMANESCENTES DO ANTIGO E MÉDIO IMPÉRIO, MUITAS DELAS NÃO CONSERVADAS. ALGUMAS PIRAMIDES TINHAM SEUS VÉRTICES DECORADOS OU FORJADOS COM OURO. DEVIDO AO SEU ALTO GRAU DE COMPLEXIDADE ARQUITETÔNICA, AOS ESFORÇOS EMPREGADOS EM SUAS CONSTRUÇÕES, E A SUA NOTÁVEL BELEZA, AS PIRAMIDES SÃO CULTURALMENTE ASSOCIADAS AS HIPÓTESES E LENDAS A CERCA DOS DE SUA CONSTRUÇÃO E FINALIDADE.