Pular para o conteúdo principal

PONTE GOLDEN GATE BRIDGE - PORTÃO DE OURO

A GOLDEN GATE BRIDGE (EM PORTUGUÊS: PONTE DO PORTÃO DE OURO) É A PONTE LOCALIZADA NO ESTADO DA CALIFÓRNIA, NOS ESTADOS UNIDOS, QUE LIGA A CIDADE DE SÃO FRANCISCO A SAUSALITO, NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO FRANCISCO, SOBRE O ESTREITO DE GOLDEN GATE. 
A PONTE É O PRINCIPAL CARTÃO POSTAL DA CIDADE, UMA DAS MAIS CONHECIDAS CONSTRUÇÕES DOS ESTADOS UNIDOS, E É CONSIDERADA UMA DAS SETE MARAVILHAS DO MUNDO MODERNO PELA SOCIEDADE AMERICANA DE ENGENHEIROS CIVIS.
NO INÍCIO DO SÉCULO XX, ESPECIALMENTE APÓS O TERREMOTO DE 1906, A CIDADE DE SÃO FRANCISCO PASSOU POR UM PERÍODO DE ASCENSÃO ECONÔMICA E IMEDIATAMENTE SURGIU A NECESSIDADE DE CONECTÁ-LA COM AS REGIÕES VIZINHAS A FIM DE DESENVOLVER A ECONOMIA NAS CIDADES AO REDOR DA BAÍA DE SÃO FRANCISCO.
A CIDADE DE SÃO FRANCISCO É TOTALMENTE CERCADA DE ÁGUA POR QUASE TODOS OS LADOS, O QUE FAZ DELA UMA PENÍNSULA. A NECESSIDADE DE SE CONECTAR COM AS REGIÕES VIZINHAS TOMOU A FORMA DE UMA ESTRUTURA RODOVIÁRIA.
A IDÉIA DE UMA PONTE CRUZANDO O GOLDEN GATE SURGIU PELA PRIMEIRA VEZ NUM ARTIGO DO JORNALISTA JAMES WILKINS EM 1916. A IDÉIA REPRESENTAVA UM GRANDE DESAFIO, JÁ QUE O GOLDEN GATE ERA CONHECIDO PELOS FORTES VENTOS E CORRENTEZA E NAQUELA ÉPOCA TAL ESTRUTURA ERA CONSIDERADA IMPOSSÍVEL DE SE CONSTRUIR.
O NOME DA PONTE FOI ESCOLHIDO EM 1927, QUANDO MM O'SHAUGHNESSY, IMPORTANTE ENGENHEIRO DE SÃO FRANCISCO MENCIONOU A PONTE COMO GOLDEN GATE BRIDGE, REFERINDO-SE AO ESTREITO. A DIFICÍLIMA TAREFA DE PROJETAR TAL ESTRUTURA FICOU A CARGO DO ALEMÃO JOSEPH STRAUSS. EMBORA NÃO TIVESSE NENHUMA EXPERIÊNCIA COM PONTES SUSPENSAS, STRAUSS FECHOU CONTRATO COM A PREFEITURA E PROJETOU A PONTE QUE COMEÇOU A SER CONSTRUÍDA EM JANEIRO DE 1933 E CONCLUÍDA EM 1937.
A GOLDEN GATE BRIDGE É UMA PONTE PÊNSIL. COM 2.737 METROS DE COMPRIMENTO TOTAL, INCLUINDO OS ACESSOS, E 1.966 METROS DE COMPRIMENTO SUSPENSO, SENDO A DISTÂNCIA ENTRE AS DUAS TORRES DE 1.280 METROS. 
ESTAS TORRES DE SUSPENSÃO, POR SUA VEZ, ERGUEM-SE A 227 METROS ACIMA DO NÍVEL DO MAR, SUPORTANDO OS CABOS QUE, NAS PONTES COM ESTA ARQUITETURA, SUPORTAM O TABULEIRO SUSPENSO. ISTO SIGNIFICA QUE OS DOIS CABOS PRINCIPAIS QUE A SUPORTAM TÊM DE ESTAR PREPARADOS PARA SUPORTAR TODO O PESO DO TABULEIRO E DOS CABOS QUE PARTEM DOS CABOS PRINCIPAIS. CADA UM DESTES, POR CONSEGUINTE, TEM UM DIÂMETRO DE 92 CENTÍMETROS, SENDO FORMADO POR 27.572 CABOS MENORES.
DESDE QUE FOI TERMINADA, A PONTE JÁ FOI INTERDITADA CINCO VEZES POR CAUSA DOS VENTOS (1951, 1982, 1996 E 2005). OS VENTOS DE 1982 FORAM PARTICULARMENTE FORTES O SUFICIENTE PARA FAZER MOVIMENTOS VISÍVEIS NA PONTE, ONDULANDO PARA OS LADOS.
fonte - Wikipédia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TEMPLO DE POSEIDON / IMPERADOR DOS MARES

COLISEU DE ROMA

O COLISEU, TAMBÉM CONHECIDO COMO ANFITEATRO FLAVIANO, DEVE SEU NOME À EXPRESSÃO LATINA COLOSSEUM (OU COLISEUS, NO LATIM TARDIO), DEVIDO À ESTÁTUA COLOSSAL DE NERO, QUE FICAVA PERTO A EDIFICAÇÃO. LOCALIZADO NO CENTRO DE ROMA, É UMA EXCEPÇÃO DE ENTRE OS ANFITEATROS PELO SEU VOLUME E RELEVO ARQUITETÓNICO. ORIGINALMENTE CAPAZ DE ABRIGAR PERTO DE 50 000 PESSOAS, E COM 48 METROS DE ALTURA, ERA USADO PARA VARIADOS ESPETÁCULOS. FOI CONSTRUÍDO A LESTE DO FÓRUM ROMANO E DEMOROU ENTRE OITO A DEZ ANOS A SER CONSTRUÍDO. O COLISEU FOI UTILIZADO DURANTE APROXIMADAMENTE 500 ANOS, TENDO SIDO O ÚLTIMO REGISTRO EFETUADO NO SÉCULO VI DA NOSSA ERA, BASTANTE DEPOIS DA QUEDA DE ROMA EM 476. O EDIFÍCIO DEIXOU DE SER USADO PARA ENTRETENIMENTO NO COMEÇO DA IDADE MÉDIA, MAS FOI MAIS TARDE USADO COMO HABITAÇÃO, OFICINA, FORTE, PEDREIRA, SEDE DE ORDENS RELIGIOSAS E TEMPLO CRISTÃO.  EMBORA ESTEJA AGORA EM RUÍNAS DEVIDO A TERREMOTOS E PILHAGENS, O COLISEU SEMPRE FOI VISTO COMO SÍMBOLO DO IMPÉRIO ROMANO, SENDO UM DOS M…

CASAPUEBLO, PUNTA DEL ESTE, MALDONADO, URUGUAI - Com mais de 36 anos para ser construída, feita pelo escultor Carlos Paéz Vilaró com as suas próprias mãos, com uma arquitetura única e inigualável, eh universalmente chamada "escultura para habitar"

CONHEÇA A "CASAPUEBLO, PUNTA DEL ESTE, URUGUAI
Com uma arquitetura única e inigualável, Casapueblo aparece como um dos passeios mais atraentes da península. Casapueblo é a monumental criação do pintor e escultor uruguaio Carlos Páez Vilaró, quem tem ali o seu atelier. Sua construção durou mais de 36 anos e foi feita pelo escultor com as suas próprias mãos. É universalmente chamada "escultura para habitar". Ela tem muitos quartos, onde pode-se ver diretamente o mar e os penhascos, e periodicamente pode-se assistir a exibições de pintura, escultura e cerâmica.
Um dos pontos turísticos mais visitados e bonitos no Uruguai é a Casapueblo, que fica localizada em Punta Ballena, na região da badalada Punta del Este, perto da Plaza de las Grutas. A Casapuelbo foi construída pelo artista uruguaio Carlos Páez Vilaró para ser sua residência de verão. Villaró inaugurou a Casapueblo em 1960 em estilo semelhante as edificações da costa mediterrânica de Santorini. Para quem estiver pro…